10 estratégias para não falhar na criação de um bom briefing

  1. Esteja ciente de: compreender as implicações de cada projeto a ser desenvolvido antes de aceitá-lo; ter certeza de que as habilidades de competência profissional pelo projeto para poupar problemas criativos e financeiros, tanto para o designer e o cliente.
  2. Tira as dúvidas: Entenda bem o trabalho que está  topando, discuta bém o briefing e saiba bem quais são os desafios do projeto, quais são os objetivos  que o cliente precissa e qual é a demanda do tempo
  3. Vá ao fundo: Pesquise sempre e  bem,  em todas as reuniões faça perguntas ao seu cliente. pesquise a história da empresa, marca ou serviço para compreender os diferentes níveis de informação e complexidade.
  4. Rever todos os detalhes: É extremamente importante ter informações claras sobre cada projeto. Certifique-se de que você tenha entendido os desafios, objetivos, o tipo de público alvo, variáveis e conclusão do tempo.
  5. Um passo na frente: Ter a informação extra é de ajuda para agilizar o trabalho e facilitar a tarefa na hora de um bloqueio criativo. Estar preparado garante um trabalho tranquilo sem problemas e nos ajuda definir quais são as decisões importantes
  6. Não se esqueça de retornar ao cliente: Sempre que você tenha entendido um projeto e desenvolveu um plano de ação com base nas informações fornecidas pelo cliente, envie um breve retorno ao cliente mostrando para ele que entendeu o projeto, que vão na mesma direção.
  7. Deixe de lado a vergonha: Não sinta pena! Se você notou no processo alguns aspectos que podem complicar o briefing, conversar sobre isso com o cliente. Resolver situações que envolvam ao público constrói uma imagem melhor.
  8. Seja breve: Não há necessidade de cair em excessos com detalhes. Basta colocar as informações em apenas duas folhas, fazer um briefing demasiado extenso e carregao de detalhes é limitativo. Reserve referências adicionais para futuros encontros.
  9. Não perca o norte: Não é incomum ver um designer sair dos parâmetros do briefing. Para evitar tais situações, é essencial fazer os prazos de entrega e manter reuniões constantes e conversas constantes com o cliente.
  10. Fique ligado: Manter um bom diálogo com o cliente e manter ele sempre informado tudo, minimiza potencialmente  as probabilidades de errar, isso deixa o cliente mais tranquilo e fortalece o relacionamento.

Como fazer um bom briefing

Um dos momentos mais importantes e decisivas é o encontro com o cliente receber um novo briefing pode preocupar ou gerar alguns nervos, porque testa uma das nossas principais capacidades como criativo, e podemos nos sentir comprometidos com a nossa capacidade de terminar o trabalho. Saber se um projeto se alinha a nossa capacidade pode